Futebol

04 dezembro 2021, 19h47

Umaro Embaló e Paulo Bernardo

RESUMO DO JOGO

O Benfica B recebeu e venceu, nesta tarde de 4 de dezembro, no Benfica Campus, o Rio Ave, em jogo referente à 13.ª jornada da Liga 2, mantendo-se na liderança isolada da competição. Paulo Bernardo e Tiago Gouveia marcaram os golos.

Disputado e equilibrado, o encontro começou com o Rio Ave a criar a primeira oportunidade para marcar, enviando a bola à barra da baliza de Svilar, aos 11'. O canto batido da direita por Guga, que fez a sua formação no Benfica B, para o avançado Pedro Mendes, permitiu que este, cabeceando no centro da área, enviasse a bola à barra, após a mesma ter sido desviada ainda no corpo de Tomás Araújo.

O Benfica B reagiu por Umaro Embaló, aos 13'. O extremo recebeu a bola descaído sobre a direita, derivou para o meio e rematou forte e ao lado da baliza de Jhonatan. O mesmo fez Aziz pelo Rio Ave aos 16', mas este em posição frontal conquistou um pontapé de canto.

Benfica B-Rio Ave

Paulatinamente, o Rio Ave dominou territorialmente o jogo, mas foi Paulo Bernardo, aos 26', numa jogada individual em que passou por três adversários, que disparou de pé esquerdo à entrada da área por cima da baliza vila-condense.

Aos 28', no primeiro remate enquadrado à baliza forasteira, Paulo Bernardo abriu o marcador (1-0), após excelente abertura de Henrique Araújo para o corredor central, com o médio a finalizar com classe!

Aos 37', Henrique Araújo, lançado em profundidade por Tiago Brito, entre os centrais visitantes ganhou espaço e rematou para defesa de Jhonatan. No minuto seguinte, Svilar voou a cabeceamento perigoso de Pedro Mendes, afastando a bola para a linha de fundo.

RESUMO DA 1.ª PARTE

O Benfica B iniciou bem a segunda parte, com Umaro Embaló, descaído sobre a direita, aos 47', a rematar colocado junto ao poste. Mas o Rio Ave reagiu e aproximou-se da área encarnada nos minutos seguintes, conquistando vários pontapés de canto (4-16 no total do encontro), na procura da igualdade.

Os comandados de Nélson Veríssimo foram letais. Aos 56', numa saída rápida para o ataque conduzida por Paulo Bernardo, Umaro Embaló, em zona frontal, rematou para defesa incompleta de Jhonatan e, na recarga, Tiago Gouveia picou a bola e ampliou a vantagem para 2-0.

Tiago Gouveia

Umaro Embaló podia ter feito o terceiro golo aos 70', mas o guardião brasileiro do Rio Ave sacudiu com uma palmada um remate efetuado sobre a esquerda pelo extremo encarnado. Três minutos depois, Fábio Baptista e Alhassan desentenderam-se e o árbitro João Afonso exibiu o segundo cartão amarelo aos dois atletas.

Os treinadores equilibraram então as equipas reduzidas a 10 elementos, procedendo a alterações de unidades e de matriz tática, com o Benfica B a controlar desde então o desenrolar dos acontecimentos.

Luís Lopes

Aos 86', Luís Lopes emendou um cruzamento-remate de Ronaldo Camará e por pouco o Benfica B não ampliou a vantagem. Em cima dos 90', Jair Tavares falhou na pequena área, permitindo a defesa de Jhonatan, que, na sequência da jogada, viu Ronaldo Camará disparar ao poste direito da sua baliza.

O Benfica B saiu com os três pontos e manteve-se na liderança isolada da Liga 2, com mais uma exibição em crescendo, que primou pela eficácia nos momentos decisivos.

Nélson Veríssimo

DECLARAÇÕES

Nélson Veríssimo (treinador do Benfica B): "Foi um jogo difícil. As duas equipas respeitaram-se e o Rio Ave tem a qualidade que lhe é reconhecida. Os jogadores esforçaram-se muito, tiveram mérito e soubemos sofrer quando não tivemos bola. Depois também tivemos uma série de bolas paradas defensivas em que conseguimos contrariar de forma organizada. São mais três pontos na nossa caminhada. Os jogadores têm a consciência da sua qualidade individual e coletiva, foram mais três pontos, mas esta Liga é difícil. Se baixarmos a guarda vamos ter dificuldades. Queremos, jogo após jogo, dividir os encontros."

Paulo Bernardo

Paulo Bernardo ("Homem do Jogo"): "Fizemos um grande jogo, mostrámos muita personalidade e mentalidade. Conseguimos o que queríamos. Tentámos fazer o nosso jogo, sentimos melhor o jogo com o decorrer do tempo e tomámos as melhores decisões na segunda parte, em que acabámos por descansar com a bola."

Umaro Embaló

Umaro Embaló (extremo do Benfica B): "Foi um jogo muito difícil, contra um adversário forte. Criámos oportunidades e fomos felizes. Temos um bom grupo, a equipa já se conhece há muito tempo. Faltou apenas o golo [em termos individuais], mas o mais importante são os três pontos conquistados."

Benfica B-Rio Ave

Benfica B-Rio Ave
2-0
Benfica Campus (Campo n.º 1)
Onze do Benfica B
Svilar, Fábio Baptista, Tomás Araújo, Pedro Álvaro, Sandro Cruz, Rafael Brito (Diogo Capitão, 71'), Paulo Bernardo, Martim Neto (Filipe Cruz, 76'), Umaro Embaló (Ronaldo Camará, 83'), Tiago Gouveia (Jair Tavares, 71') e Henrique Araújo (Luís Lopes, 76')
Suplentes

Carlos Santos, Filipe Cruz (76'), Miguel Nóbrega, Diogo Capitão (71'), Jair Tavares (71'), Ronaldo Camará (83'), Samuel Pedro e Luís Lopes (76')

Ao intervalo 1-0
Golos do Benfica B
Paulo Bernardo (28') e Tiago Gouveia (56')
Boletim clínico
Pedro Ganchas (síndrome pubálgico) e Cher Ndour (entorse na tibiotársica esquerda)

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica
Última atualização: 5 de dezembro de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Futebol

As imagens do Benfica-Boavista

Everton marcou aos 16' para o Benfica, mas o Boavista empatou no segundo tempo na execução de um pontapé de penálti. Com 1-1 no final dos 90 minutos em Leiria, procedeu-se ao desempate por grandes penalidades para apurar o vencedor da meia-final da Taça da Liga. O Glorioso impôs-se, com as conversões de Grimaldo, Meïte e Weigl e as intervenções valiosas de Odysseas na baliza, e venceu por 3-2. Vai disputar a sua 8.ª final da prova no sábado, 29 de janeiro.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar