Voleibol

27 janeiro 2021, 22h46

Zelão

SL Benfica e Fonte do Bastardo discutiram, nesta noite de quarta-feira, o jogo da 4.ª jornada da 2.ª fase do Campeonato Nacional de voleibol. Duelo emocionante, com adeptos nas bancadas do Complexo Desportivo Vitorino Nemésio, nos Açores, com os locais a levarem a melhor (3-1) em mais um espetacular desafio da modalidade.

Ciclo intenso, de elevado grau de dificuldade, jogos mais equilibrados e disputados, com um Benfica irrepreensível e categórico até então! À partida para o desafio nos Açores, águias na liderança isolada, com 18 pontos, fruto de um pleno de seis vitórias. Do outro lado da rede a Fonte do Bastardo, equipa com pergaminhos na modalidade, na 3.ª posição da geral, com 12 pontos (4V, 1D). Ambas as formações têm ainda um jogo em atraso...

Primeira nota de destaque para algo que há muito não víamos... É que este jogo teve público nas bancadas. Lotação limitada, obviamente, mas com o encontro a ganhar, desde logo, novas cores, ritmos e sons! Que saudades tínhamos!

Voleibol

Tal como previsto, 1.º set marcado pelo equilíbrio, com as duas formações a equipararem-se. Empates e alternâncias sucessivas no marcador, mas sem que nenhuma conseguisse cavar uma vantagem significativa. Na dianteira, as águias foram segurando, com muita classe, um, dois pontos à maior, conseguindo alargar vantagens já na reta final (19-22). Parcial fechado em 21-25, 0-1 no jogo. Muito bem!

O 2.º set foi muito semelhante ao anterior, com o equilíbrio a ser rei e senhor. Voleibol de altíssima qualidade em quadra, com os atletas a dizerem "presente" e a disputaram cada lance como se do último se tratasse... para alegria dos adeptos nas bancadas do Complexo Desportivo Vitorino Nemésio. Muita intensidade, algumas quezílias, próprias destes jogos "grandes", com os anfitriões a fecharem o parcial, já nas vantagens (27-25) e a empatarem o jogo: 1-1. Tudo em aberto!

Embalados pelo triunfo no parcial anterior, os homens da casa entraram fortes no 3.º set, colocando-se na frente do marcador, com o Benfica a ter de correr atrás do prejuízo desde muito cedo. Com três pontos a separar as equipas, Marcel Matz pediu time out para organizar o seu coletivo e evitar fugas de maior, mas foi a Fonte do Bastardo a adiantar-se ainda mais (15-10). Muitas paragens, contestação, algumas decisões muito discutidas, com o marcador a mostrar um 17-12 e os pontos a acumularem-se. As águias nunca desistiram, anularam várias bolas de set, mas a Fonte do Bastardo geriu o marcador, vencendo com um 25-19, colocando-se na frente do jogo: 2-1.

Voleibol

Emoções ao rubro... e que 4.º set! Espetacular! E ainda bem que havia adeptos nas bancadas, porque houve pontos dignos de serem aplaudidos de pé, e foram! A viver uma situação há muito não vivida, a perder no jogo, o Benfica teve alguma dificuldade em gerir emoções, contudo, o nível do duelo não baixou, mas do outro lado o acerto mantinha-se. Muito equilíbrio, raça, disputa, com as equipas a lutarem ponto a ponto. Mais assertiva e eficaz, a Fonte do Bastardo levou a melhor sobre as águias, vencendo o parcial com um 25-20 e  sentenciando o encontro num 3-1 final.

O Benfica mantém a liderança isolada da classificação e torna a entrar em quadra no próximo domingo, último dia do mês de janeiro (17h00), para disputar a 8.ª jornada da 2.ª fase da prova. Pela frente, em mais uma deslocação complicada, os comandados de Marcel Matz terão o Esmoriz GC.

Marcel Matz

Fonte do Bastardo-SL Benfica, 3-1

FICHA  
Local Complexo Desportivo Vitorino Nemésio
Formação inicial do Benfica Tiago Violas, Theo, Japa, Rapha, Marc Honoré, Peter Wohlfi e Ivo Casas (L)
Suplentes Bernardo Silva (L), André Lopes, Afonso Guerreiro, Miguel Sinfrónio, Zelão e Nuno Pinheiro
1.º set 21-25
2.º set 27-25
3.º set 25-19
4.º set 25-20

Texto: Sónia Antunes
Fotos: SL Benfica
Última atualização: 28 de janeiro de 2021

Patrocinadores Voleibol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar